Aethos: a bicicleta ‘ilegal’ da Specialized

Uma bicicleta construída pelo amor de pedalar 

A criação da Specialized Aethos começou com uma simples pergunta: “E se?”

E se nós construíssemos uma bike focada na mais pura experiência de ciclismo de estrada? E se nós construíssemos uma bicicleta que elevasse os momentos inesquecíveis aonde tudo desaparece e o Ciclista e sua Bike se tornam um só.

Todos nós conhecemos esses momentos, os momentos em que nos envolvemos emocionalmente com aquela subida épica, aproveitando cada metro ou quando pilotamos a bike, curva atrás de curva, quase por telepatia, como se não existisse mais nada no nosso mundo. Nos sentimos livres, liberados das limitações do nosso dia a dia e os quilômetros se transformam em muitas horas de pedal. 

O MELHOR PEDAL DA SUA VIDA

Existem Ciclistas que buscam por algo mais do que corridas, que enxergam as experiências fora da competição tão ou mais entusiasmantes como a ansiedade antes da largada de uma prova. As exigências e sofisticação deste Ciclista igualam a do Ciclista mais competitivo, mas ao invés de procurar velocidade pura, estes Ciclistas exigem um conjunto de características que envolvem todas as emoções. Subidas intermináveis até às nuvens, descidas alucinantes do outro lado – são percursos épicos que demandam um comportamento superior e uma experiência ciclística sem precedentes de uma bicicleta que é a epítome de qualidade, performance e estilo.

Enquanto este projeto nos daria a possibilidade de aplicar tudo o que aprendemos durante os últimos 50 anos em como construir bicicletas, o objetivo traçado foi o de não aderirmos a conceitos ou preconceitos sobre como fazê-lo. Mas qual seria o resultado desta abordagem?

Estamos tão à vontade com os standards do Ciclismo como com as regras da UCI, mas na realidade, nenhum deles deveria ser limitante em todo o processo de desenvolvimento da nova Aethos. Criar uma bike capaz de transcender a experiência de Ciclismo foi muito mais importante.
QUAIS REGRAS QUEBRAMOS?

“Foi difícil para a maior parte da equipe pensar numa bike de estrada de alta performance cujo foco não era competitivo. Tínhamos receio que este projeto fosse encontrar resistência interna ou mesmo ser cancelado, pelo que trabalhamos em segredo durante quase um ano. Ninguém soube deste projeto até que o design foi realizado e produzimos os primeiros quadros”, diz Stewart Thompson – Líder das categorias Road + Gravel da Specialized Bicycles Components.
REFORMULANDO O CICLISMO DE ESTRADA

Nós sabemos que a forma contribui em larga escala para a performance de uma bike e é por isso que a Aethos nasceu de um momento iluminado no nosso laboratório de testes. Os nossos engenheiros estudaram profundamente o comportamento de cada seção de quadros de carbono sob os esforços provocados em nosso robô de simulação de pedalada, e entenderam que o conhecimento atual existente na indústria sob como as forças influenciam o comportamento do quadro era incompleto, deixando espaço para melhorias consideráveis.

Usamos simulações inimagináveis em super computadores – mais do que aquelas que qualquer ser humano consegue realizar em toda a sua vida – para realizar alterações sutis numa tubulação de seção redonda. Fez com que as seções se tornassem mais cônicas em áreas chave, assegurando ganhos extraordinários em rigidez e equilíbrio com o mínimo de material. Não existe nada em excesso, somente mais estabilidade e integridade.

Para sermos super claros, esta é a história de como a forma da tubulação influencia diretamente no comportamento desta bicicleta. A Aethos representa uma nova era e inúmeras oportunidades na forma como se desenham bicicletas. Porque é que esta situação é tão entusiasmante?

Pois com certeza influenciará a forma como desenvolveremos todas nossas bicicletas em diante. 
Sem Carbono Sobrando
A única coisa essencial ao pedal é você.
Hoje, a performance dos quadros depende essencialmente da forma dos mesmos, seguido do material e a técnica de construção utilizados – no caso do carbono, a laminação.

O estudo contínuo do comportamento destes quadros sobre as forças de pedalada nos ajudaram a determinar que existem muitas camadas de rigidez (ou camadas extra) que são adicionadas durante a construção tradicional de um quadro. Então, com estas novas formas da tubulação, necessitamos de reformular totalmente a forma como projetávamos a laminação de carbono dos nossos quadros. Gratamente, entendemos que ao reduzir o número de camadas necessários em 11% (quando comparado com um quadro S-Works Tarmac SL6, que sempre foi conhecido por ser extraordinário) através da utilização de seções mais largas, mais longas, mais contínuas e sem interrupções, chegamos num resultado muito mais consistente do que qualquer outro quadro que construímos até hoje.

O que é interessante de referir é que a espessura final de toda a tubulação é substancial, mas como as camadas de rigidez foram reduzidas, o peso também baixou significativamente. A única coisa essencial para o pedal é você. 

“O primeiro Quadro tinha 545 gr. Quando o colocamos no robô de testes o quadro se comportou maravilhosamente – super estável. Apenas adicionamos 10 gramas e poderíamos testá-lo no mundo real. Foi nesse momento que entendemos que tínhamos algo enorme diante de nós”, afirma Peter Denk, Chefe de Desenvolvimento da Aethos.
ACIDENTALMENTE ILEGAL

Nós perseguimos a Experiência Ciclística na Aethos, não um número. Mesmo assim, nós sabemos que uma bike leve, rígida e equilibrada gera magia em qualquer pedal. O resultado é o quadro de bike de estrada para freio a disco mais leve que já foi produzido, sem especificações galácticas e um peso tão leve como 5,9 kg. A Aethos é mais do que ilegal na perspectiva de muitos ambientes de competição, mas ainda assim está preparada para atender Ciclistas (com seu equipamento) de até 109 kg e possui a pilotagem telepática, agilidade e rigidez que você espera de qualquer bike de estrada Specialized. (sshhhhh, não conte à UCI). 
A Bike De Estrada Mais Moderna

Muito mais bike do que a soma das suas partes. Dizermos que “tudo foi considerado no desenvolvimento desta bike” é pouco. Investimos semanas intermináveis em seu desenvolvimento, interação sobre interação, desenhando obsessivamente cada peça do quebra-cabeça. Sempre com o Ciclista no centro do nosso raciocínio, mantendo o foco numa bike que se encaixa perfeitamente no seu estilo de vida – e não o oposto.
Perfeita Em Todos Os Detalhes 

Da gancheira aos eixos (dropouts), nenhum grama foi esquecido. O mesmo pode ser dito das rodas Roval. Trabalharam sob o mesmo foco e objetivos, entregando as rodas Alpinist de 1248 gramas, junto com o novo kit de guidão/mesa Alpinist foram desenvolvidos em especifico para a Aethos, para entregar a você, a bike da sua vida.
Founder’s Edition

Celebramos todas as novas plataformas com a introdução de uma edição especial – a Founder’s Edition. Serão somente 300 bikes para todo o mundo, na montagem mais especial e leve, com uma pintura incrível e acabamentos fora de série. Esta S-Works Aethos inclui os componentes Shimano Di2 mais leves, o kit de guidão/mesa Alpinist (esta será a primeira bike que disponibilizará este kit) e o movimento central e roldanas de câmbio traseiro da Ceramic Speed.
CLIQUE AQUI: DOWNLOAD DAS FOTOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s